Tuesday, November 27, 2018

Principais acessórios pro desenho a grafite

Esfuminho (blender)
Esfuminho é um pedaço de papel enrolado e colado, usado pra esfumar o grafite ou carvão. Conforme ele vai perdendo a ponta, você pode lixar.

Chamois

Chamois é um paninho bastante macio, também usado pra esfumar grafite ou carvão, especialmente areas maiores.

Papel ‘protetor’
Um pedaço de papel limpo é interessante manter por perto pra evitar que a mão borre o desenho.


Lixa:
Existem diversos tipos de lixas que podem ser usados pra afinar e dar forma à ponta do lápis. Você pode ou comprar uma lixa com suporte pronta na loja de materiais de arte, não costuma ser caro, ou fazer a sua. No caso de você fazer a sua, é interessante porque você pode escolher o tipo e a gramatura da lixa. Existem lixas desde as mais grossas pra carvão até lixas d’agua mais finas pra realmente dar um toque na ponta sem precisar usar um estilete.


Alongador de lapis

Quando o lápis chega perto do final, vai ficando um cotoco que é difícil de segurar pra desenhar. Nesse caso tem uma ferramenta, um extensor próprio pra lápis que segura o lápis pra desenhar. Se o lápis ficar muito frouxo e não entrar direito no extensor, uma solução é usar uma ou mais fitas crepe pra ficar mais justo e ficar preso.

Fixador
Fixador é um spray, semelhante a um verniz pra evitar borrar, especialmente em artes de carvão, pastel ou mesmo em grafite quando usado em grande quantidade. Existe também fixador que dá pra trabalhar enquanto está molhado, os “workable fixative”.


Fita
Fita crepe é um bom aliado do desenhista, seja pra prender o papel a uma superfície mais firme, seja usar como mascara de alguma região.

Pincel
Pincel também pode ser usado pra esfumar carvão ou grafite. Um pincel sintético com as cerdas mais duras e curtas (tipo bright)é o meu preferido mas recomendo testar diferentes pincéis pra ver qual você se adequa melhor.

Apontador
A maior parte do tempo eu prefiro apontar com estilete, com a pratica vai ficando quase tão rápido quanto apontador, e a ponta no estilete pode ser mais versátil. Dessa forma, dá pra apontar vários lápis de uma vez e ir usando conforme vai perdendo a ponta. Eu tenho um apontador que eu gosto muito, que é o Alvin Bullet Sharpener, mas qualquer apontador mais voltado pra desenho artístico de uma marca boa tende a dar conta do recado, como a Kum, Koh-i-Noor, creatacolor, prismacolor…
Existem outros tipos de apontadores também, como o mecânico que você coloca a ponta do lápis, ele trava e vai girando essa manivela aqui e um mecanismo de laminas vai descascando o lapis. Eu particularmente não gosto muito, e acho um custo benefício ruim.  Mas como todo material, recomendo que você teste e tire a sua própria opinião se puder.


Lapiseira e lead holder

Lapiseira: Eu gosto de usar a 0.5 ou 0.7 em situações que eu quero uniformidade de linhas e não quero parar pra apontar. Outra vantagem da lapiseira é que dá escolher o tipo do grafite, 2B, 4B e assim por diante. Se você acha confortável desenhar com uma lapiseira, pode ser conveniente você trocar a mina dele e usar outra graduação sem precisar se adequar a outro corpo de lápis ou lapiseira.



Borrachas

A minha borracha preferida, é o limpa tipos ou mata borrão. Ele consegue apagar sem muito esforço e ainda





No comments:

Post a Comment

Propriedades da Cor aplicadas

Neste poster, os principais elementos da cor são apontados na obra  Marchand ambulant au caire de Jean Leon Gerome. Matiz Valor Tonal...