Tuesday, November 27, 2018

Anatomia do pincel


Quais as partes de um pincel?

Os pincéis tem três partes básicas:


  1. Cabo
  2. Ferrolho
  3. Cerda ou pelo.


Cabo:
Um cabo de pincel bom, é feito com madeira de boa qualidade, trata de forma a não envergar, laqueada e com um bom peso. Em se tratando de tamanho, é mais comum encontrar pincéis de cabos longos ou curtos, sendo os mais longos usados para pintura onde os gestos são priorizados, enquanto os de cabo mais curto são usados quando o artista trabalha mais de perto do suporte e/ou quando a área a ser pintada é menor.

Ferrolho
O ferrolho é uma parte crítica do pincel, porque é ele que une a cerda ao cabo. Se o ferrolho for mal construído, a integridade do pincel é comprometida.

Cerdas
As cerdas são a parte mais importante do pincel, e normalmente os tipos de cerda determinam o preço do pincel mais do que qualquer outro componente. A grosso modo, temos pincéis de cerda natural e sintética.
Cerdas naturais, especialmente as de pelo de esquilo e kolinsky tem capacidade de segurar mais agua e tinta, no caso da aquarela. Quando o pincel retém mais água, você precisa ir até o recipiente com agua e tinta menos vezes, o que reduz o risco de você ficar com manchas de tinta no papel. No caso das tintas opacas como guache ou óleo, uma cerda que retém mais tinta facilita pra pinceladas mais longas, carregadas ou impasto.
Cerdas sintéticas tendem a durar menos, porém podem performar um bom trabalho se forem bem cuidados.
Existe também as opções de cerdas mistas, uma mistura de cerdas naturais com cerdas sintéticas, que pode ter um custo benefício interessante comparado com as cerdas de sabre.


No comments:

Post a Comment

Propriedades da Cor aplicadas

Neste poster, os principais elementos da cor são apontados na obra  Marchand ambulant au caire de Jean Leon Gerome. Matiz Valor Tonal...